24 janeiro 2015

O sol voltou! E espero que com ele venham dias mais calmos. . .


Os últimos dias não têm sido fáceis por aqui... Esta altura do ano é, já por si, um pouco mais trabalhosa, com "fechos de ano", e o acréscimo de trabalho obriga a um horário um pouco mais alargado para que tudo esteja pronto a horas. Para ajudar, na semana passada as minhas bonecas ficaram doentinhas com uma gripe intestinal e fiquei dois dias com elas em casa. Claro está que pouco deu para fazer (se já em estado normal é o que é, com elas doentes nem se fala), ao mesmo tempo que no meu emprego o trabalho continuava à minha espera, a acumular-se...

Elas melhoraram um pouco, entretanto uma delas piorou novamente e agora que eu pensava que as duas já estavam a recuperar, eis que tivemos mais uma noite difícil: acordámos com a H a chorar com dores de barriga e a barriguinha muito dura. Ao fim de um bocado, vomitou e ficou mais aliviada, a minha filhota. Agora parecem estar novamente bem (ou a caminho disso) e tudo está, aos poucos, a voltar ao normal, tirando o apetite: enquanto a B já come outra vez muito bem (por ela e pela irmã, quase!), a H come muito pouco ao almoço, ao lanche, ao jantar... E nós com medo que o pouco que coma venha fora a seguir, acabamos por não insistir muito. O apetite há-de voltar, espero eu.
 
Assim sendo, não tem sobrado tempo para quase nada: ler, escrever, pesquisar coisas giras na net, nada... Ainda não acabei de ler o livro A Elegância do Ouriço, mas estou a gostar. Li no outro dia um capítulo em que falam de um apartamento que está a ser remodelado e gostei desta passagem que aqui transcrevo (não é nada de especial, mas por ter a ver com decoração de interiores chamou-me a atenção):
«- Nunca poderia imaginar que há decoradores que façam uma coisa daquelas - continua a Manuela. - Partirem tudo, voltarem a fazer tudo de novo!
Para a Manuela, um decorador é um ser etéreo que coloca almofadas em cima de sofás caros e recua dois passos para ver o efeito.»
 
Quando li isto dei por mim a sorrir e a pensar que há mesmo quem pense isto dos designers e decoradores de interiores... Pessoas que nem imaginam as horas de trabalho que estão por trás de um projeto de decoração bem conseguido; pior, nem sabem que a função do decorador não é apenas deixar um espaço bonito: o decorador torna o espaço bonito, sim, mas acima de tudo funcional, e ainda lhes poupa tempo, trabalho e dinheiro. Sim, o serviço é pago, mas tendo em conta todos os problemas que o profissional resolve, além de, eventualmente, conseguir preços melhores no mobiliário e outros elementos decorativos, acreditem que mesmo contratando e pagando a um decorador poupam dinheiro. Resumindo, não, o decorador não se limita a colocar almofadas em cima de sofás e a ver como ficam...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)